domingo, julho 15, 2012

BCAP - REINTEGRAÇÃO



E chegamos ao final dessa empreitada.
Hora de recolher os pedaços,
 juntá-los e,  em 3D, o  painel se tornará completo 
para vermos e sentirmos  o que ali se formou.




:"Tão bom morrer de amor e continuar vivendo."
(Mário Quintana)
Essa é nossa proposta para o mês de Julho, no dia 15 costumeiro... Que tal entrar no equilibrio da barca, que já está em alto mar e galgarmos distanciamento da estreiteza do nosso coração...alçar vôo alto, como a águia e galgarmos alturas nos limiares do Amor MAIOR???" 


Assim disse Rute nessa chamada, para a última postagem dessa Blogagem Coletiva do Amor aos Pedaços. Tentarei, no juntar dos pedaços, esboçar minhas idéias meus sentimentos.
Ah, linda fase a do encantamento! O amor veio de forma avassaladora. Atrás da foto foi sacramentado: "Zezé, com a mais elevada das paixões e o mais sublime dos amores". Assim eram os sentimentos naquela época. Havia pureza. Uma aura de sacralidade envolvia esse sentimento; respeito, delicadezas, cavalheirismo faziam do amor o sentimento mais sublime. Resistir, quem há de?
E o meu   lindo amor nascia, com fé inabalável.  Tomou posse em absoluto, em 13 de junho de 1963.
Meus olhos se fecharam, ouvidos ensurdeceram, coração acelerou. Era ele, só nele e para ele que eu viveria daí para frente; nada mais sem ele.
Um belo dia o desencanto apareceu porque todo amor também passa por percalços, rupturas dolorosas,  incertezas,  indecisões. E é por essa senda que ele vai sendo forjado, lapidado como o ouro, que para se tornar puro, é submetido às mais altas  temperaturas no cadinho, fazendo a pureza do metal emergir. Passa pelo fogo até derreter para se tornar  metal puríssimo. Se ele, o amor,  é real,  puro e verdadeiro ele se refaz.  É cíclico,  é caminhada e aprendizado onde o emocional vai se equilibrando. É o equilíbrio rondando, tentando se assentar e fazer morada em meio a tantos questionamentos.  Há esperança e ela é força motriz que impera gerando mais fé, criando mais raízes ativando cérebro e todos os sentidos para edificá-lo soberano sobre a rocha. Hora chegada de olhar e ver sua tenda ampliada. O coração, lugar do amor, se expande porque  a busca nos leva ao AMOR MAIOR. À medida que se caminha, a sacralidade do amor nos impulsiona para o amadurecimento espiritual. Quando ambos chegam juntos ao pé da Cruz, então não há mais o que temer; o amor vira consagração, louvor. Digo isso porque fui muito abençoada e poupada enquanto vivi este amor. Não houve tempestades, tormentas na minha vida amorosa. Vida normalíssima. Conheci só o Tony, fui só dele, fidelíssima. Dizem que num relacionamento há os que de fato amam e os que somente deixam-se amar. Falo de mim, da capacidade que há em mim de amar, de sentir o amor.






"Ainda juntos, buscamos Deus de fato. 
E agora, meu caro, eu entendo: o que é de Deus vai para 

Deus, mas Ele manda de volta 

toda a necessidade suprida,  só Nele.  

E digo, toda mesmo!

 Hoje me entrego com disponibilidade total ao AMOR 

MAIOR,  

por isso não enlouqueci sem Tony. 

Minha imensa saudade!"







Foi muito bom estar com vocês, meninas!
E querem saber?
Tratem de bolar uma outra, tá?
O meu obrigada recheado de beijos e abraços!
Fiquem bem, com Deus!


Finalizo cantando ... feliz:


Não dá mais pra voltar,
o barco está em alto mar
Não dá mais pra negar 
O mar é Deus e o barco sou eu
E o vento forte que me leva pra frente
 é o amor de Deus
Não dá nem mais pra ver
o porto que era seguro
Eu sou impulsionado
 a desbravar um novo mundo.
(Nelsinho Corrêa - CD Não dá mais pra voltar)



29 comentários:

Giancarlo disse...

Felice giornata a te...ciao

Lucinha disse...

Maria Luiza,

Como sempre, suas participações nessa linda blogagem é preciosa.
Sua história de vida com o amor, que sempre foi e será "Tony", nos trás um encantamento, questionamento, e uma vontade louca de continuar reintegrando.

Não dá mais pra voltar, o barco está em alto mar.
Foi o amor que lhe deu forças, que permaneceu dentro de você e que exala pra todos os lados. E o que lhe leva pra frente, é o amor de Deus na sua vida.

Não vou publicar participação, e já avisei a Luma. Meu emocional está a flor de pela por esses dias, e esse assunto mexe demais comigo.

Parabéns pela linda postagem! Dá gosto vir aqui e saborear dessa linda lição de vida.

Um abençoado Domingo!

elvira carvalho disse...

Linda a sua blogagem sobre um amor eterno. Porque eu acredito que o amor quando verdadeiro é eterno mesmo.
Um abraço e bom Domingo

Ailime disse...

Olá Maria Luíza,
Fiquei muito comovida ao ler o testemunho do seu lindo amor.
Um amor que perdurá para além dos tempos.
Bem-haja.
Que Deus a abençoe.
Ailime

Rita disse...

Bom dia de domingo!!!
Passando para deixar um carinho
pela presença sempre constante no
meu cantinho, elogiar o que vc tem
de bom,pq vc é uma pessoa querida,eu
agradeço pela belas postagens
Abraços
Bjuss
Rita!!!!

Maravilha esse amor eterno, e será para sempre na sua vida emocionante

casa de fifia disse...

amiga você é fortunada por viver um amor assim,puro sincero,fora do tempo !!!
bom domingo

bacione

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

Bem abençoada eres tu, Maluzinha . Me emociona sempre.


Beijo

Calu disse...

Querida MaLu,
esta linha do tempo traçada em Amor do princípio ao fim, resgatou as passagens dele sintonizadas na BC, trazendo emoções guardadas, saudades e a fé de que o Amor é reintegrador por natureza.
Linda participação, menina.
Bjkas,
Calu

Emanuel disse...

Enfim, acabou.
Acabou, mas como vivemos em círculos e espirais, encantamentos, desencantamentos, esperanças, questionamentos, se integram e reintegram em nosso cotidiano.
Vivemos. E sobrevivemos a tudo.
Obrigado pela participação. E sigamos em Conversas Cartomânticas.

Eva Sabbado disse...

Amiga querida, que obra de arte o teu post, maravilhoso demais, fiquei embasbacada, super parabéns, vc fez com o coração e compartilhou conosco sua história, bjos Maria Luiza, uma semana abençoada para vc.

BRISA disse...

Minha querida
Vc como sempre com teu rico texto.
Passando para te desejar.Um bom domingo, cheio de paz, saúde e muitas coisas boas para todos nós e uma ótima semana, repleta de ótimas realizações!!!
Com carinho
Ana Brisa

Suelen Muniz disse...

Oi Maria Luíza,
Bonita participação,o amor faz a nossa vida evoluir,também transcende e se torna eterno em nossos corações.
Uma ótima semana,abraço,=)

Regina disse...

Oi Maria Luiza querida, tudo bem?

Adoro vir aqui, porque sempre me emociono com suas lindas palavras e
depoimentos.

Adorei o post de hoje, LINDO

um beijo carinhoso

Regina Célia

✿ chica disse...

Como o amor faz bem,não? Linda foto e participação! beijos praianos,chica

disse...

Parabéns por partilhar sua linda história de amor com seu precioso Tony. Mulheres como você já quase não existem mais.Eu também acredito no amor eterno e sempre vou lutar por ele.
Que te abençoe minha querida e carinhosa amiga.
Que exemplo de vida a sua parabéns!

RUTE disse...

Queridissima Maria Luiza,
muito boa a inclusão de todas as fases num só texto. Perfeito seu amor pelo Tony. Inteiro. Esse vosso amor passou em todos os reinos e nunca fraquejou, pelo contrário, até aumentou e solidificou.
Será que vocês estão mesmo separados? Dúvido!
Deus tem o Tony mas tem você também. A vibração pura do seu amor, faz você chegar mais perto da essência divina.
Se prepara para 2013!!! Ou quem sabe para mais qualquer coisinha anda dentro da BCAP...
Muitos beijinhos.
Rute

Socorro Melo disse...

Olá, Maria Luiza!

Depois da magia do encanto, das lágrimas do desencanto, vem a esperança, de um novo recomeçar... Porém, antes, quantos questionamentos nos fazemos, com medo de errar, de sofrer de novo... E por fim, quando já equilibrados, assimilamos os aprendizados, nos reintegramos, confiantes, sem ilusões, e passamos a conhecer o amor: e é uma grande descoberta. E a entrega ao amor MAIOR é uma sábia decisão, pois, nos faz compreender melhor o amor como um todo.

Grande abraço
Socorro Melo

Mari Rodrigues disse...

Participe da 2ª Mostra Arte em Foco lá no blog, espero você lá...
Bjos, Mari.

Luma Rosa disse...

Com todo o respeito Maria Luíza, o seu Tony era muito belo. Imagino a falta que sentiu dele e nessas horas, o amor toma posse do coração, abrandando as dores e acalmando os pensamentos. Deus é pai, ele nos coloca no colo nos momentos mais difíceis.
Obrigada por participar da coletiva! Outras pessoas também pediram nova coletiva, mas por agora vamos dar um tempinho (rs*) para vocês não enjoarem de nós!
Ah, no dia 21 próximo, acontece a coletiva da Aleska, numa proposta bacana de valorização da mulher "Corpo de Mulher". Tem o banner na coluna lateral do "Luz" que leva ao blogue dela, uma iniciativa que de certa forma complementa a coletiva "Amor aos pedaços", pois diz do amor que devemos ter por nós mesmas.
Boa semana!! Beijus,

lenalima disse...

Muito lindo um amor assim!
obrigada pela visita carinhosa no meu kantinho.
me mande seu email para eu poder te dar a receita do sapatinho, é bem fácil de fazer ...acho que vou postar
um pap!
lenalima.g@hotmail.com

abraços querida!

Lílian Almeida disse...

que lindo post Maria, amei os versos finas , eu sou o barco, tocante !

Beijoca !
Tenha uma semana abençoada !
http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/

Clara disse...

Maria Luiza...

Arrepiei!
Que lindo post....
E a gente ainda arranca forças não sabemos de onde pra continuar nossa caminhada por aqui...

Fique em paz!
Beijos

pensandoemfamilia disse...

Coração aberto nesse compartilhar que traz no amor a moldura da vida.
Grata pela visita.
bjs

Leninha disse...

Maria Luiza querida,

Que amor lindo o de vocês e era assim mesmo naquela época,o sentimento era puro e intenso,mas havia respeito e isto é muito importante em qualquer relacionamento.E um dia você voltará aos braços do seu querido Tony,junto ao Amor Maior e serão felizes eternamente.

Bjsssss e parabéns pela postagem,amiga,
Leninha

Liliane Blog Sonhar e Ser disse...

Maria Luiza.
imagino a força deste amor que te fortalece até hoje.

linda a canção do Nelsinho Correa.

deixo o meu abraço e o desejo de um dia de muita paz.

Bel Rech disse...

É emocionante ler o que escreveste, que foi só de seu Tony, amor para sempre...
Paz e bem

Orvalho do Céu disse...

Olá, Maria Luíza
"UMA GOTA DE ORVALHO NA BORDA DO CÂNTARO"

Extremamente cansada mas reintegrada... cheguei hoje da Missão...
Sou-lhe grata e a Deus por ter dado tudo certo.
Obrigada por termos chegado o fim da BCAP.

"AMAR O OUTRO É RENUNCIAR POSSUÍ-LO, MESMO MORTO".
Abraços fraternos de paz
P.S. Saudade de vc, tá tudo bem, amiga???

Valéria disse...

Oi Maria Luiza!
Linda a sua participação!
sempre me emociono com seus depoimentos de muita sensibilidade e amor. Um amor eterno e incondicional.
Beijinhos e tudo de bom!

Esplendor da Criação disse...

Olá Maria Luiza!
Pois é chegamos ao final, e foi linda sua participação, cada vez conhecemos um pouco mais do seu grande e eterno amor. É um exemplo de vida querida. Que Deus te abençoe e te ilumine muito para continuar cumprindo a missão que Ele te deu, bjs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...